image

05 de Julho de 2022

VARIEDADES Segunda-feira, 20 de Junho de 2022, 16:43 - A | A

Desabafo

Não precisamos ficar de duplinha até morrer", diz Simaria

A cantora abriu o coração e falou sobre os desentendimentos com Simone

terra

image

Simaria fez um novo desabafo sobre sua relação com Simone, durante uma entrevista ao programa 'Domingo Espetacular', da Record TV, exibida neste domingo, 19.

A cantora, que recentemente anunciou uma pausa na carreira para cuidar da saúde, falou abertamente sobre os conflitos com a irmã e confessou que muitas vezes se sente controlada. Apesar dos problemas que a dupla enfrenta, ela garantiu que a "irmandade" é eterna.

"Somos muito diferentes, mas é sangue, é eterno, não tem como mudar isso. Às vezes ficam me controlando. 'Cala a boca, não fala isso'. Mas eu com 40 anos não vou mais me calar. A gente venceu juntas, mas não significa que porque vencemos juntas temos que morrer como duplinha. Mantendo respeito, irmandade, não tem como quebrar isso. Vai dar sempre certo", desabafou a artista.

Simaria, que completou 40 anos no último dia 16 e comemorou a data com uma festa luxuosa, revelou que não queria presente caro da irmã. "Não queria presente de milhões, única coisa que pedi pra ela foi pra ela cantar uma música comigo. Eu quero que as pessoas escutem a música, que faz parte da minha alma, do meu sangue, eu não escolhi a música, a música me escolheu. O que eu queria mesmo era só que ela cante comigo a música Amiga e pra mim tá tudo certo, não quero presente caro", afirmou.

 

A cantora ainda falou sobre a sua festa de aniversário. "A gente está sempre ajudando os outros. Dá uma casa para um tio, uma roupa para uma mãe, dinheiro, dá tudo na vida para o povo. Quando é hora de se presentear, a gente não tem coragem de dar um presente para nós mesmos. Meu pai morreu faltando cinco dias para eu fazer 10 anos de idade. Daquele momento em diante não tinha mais sentido", confessou.


Comente esta notícia